8 de dez de 2012

Darwin e o “Anis del Mono”


Anis del Mono, para quem não sabe, é marca registrada de uma conhecida bebida espanhola feita a partir de uma planta mediterrânea, elaborada por um influente comerciante (D. Vicente Bosch) de Badalona (Barcelona) em 1870. A curiosidade destacada aqui centra-se na ilustração da garrafa, bem como no porquê do emprego da palavra mono, em espanhol macaco. Embora haja muitas teorias a respeito, uma delas diz tratar-se de um primata humano com a aparência do naturalista inglês Charles Darwin. Na ilustração, o macaco (“el mono”) segura uma garrafa e, na outra, um pergaminho onde se lê: “Es el mejor. la ciencia lo dijo e yo no miento” (“É o melhor. A ciência afirma e eu não minto”). Tal frase, segundo alguns, tornou-se comum em 1859, quando na publicação do livro “A Origem das Espécies”, de Charles Darwin. Enfim, verdade ou não, a coincidência é realmente jibóica. A ilustração (vista ao lado) faz transparecer um primata humano com a feição do naturalista Charles Darwin.


---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário