10 de jun. de 2015

A origem da "Punheta"

Punheta é um termo considerado chulo (de baixo calão), que designa a masturbação masculina. Vem de "punho" (a mão fechada, pulso etc.) mais o sufixo "eta", que é característico de diminutivos, por exemplo: arvoreta (pequena árvore), banqueta (pequeno banco sem encosto), caixeta (caixa pequena) etc.  Ao pé da letra, portanto, a "punheta" seria uma pequena força gerada com o punho (ou algo assim). De "punheta" tem-se origem  o adjetivo "punheiteiro", que é o homem que se masturba ou que pratica o onanismo.

Temos um exemplo da Literatura, do  poema “O Elixir do Pajé”, do nosso escritor Benardo Guimarães:

Um cabaço! Que era este o único esforço,
única empresa digna de teus brios;
porque surradas conas e punhetas
são ilusões, são petas,
só dignas de caralhos doentios.


É isso!

7 comentários:

  1. Gostei muito do seu blog e aprendi muito com ele. Apenas uma observação: Baixo calão não seria um pleonasmo?

    ResponderExcluir
  2. A punheta começou com um cabreiro que foi mijar e depois poisou-lhe uma mosca no pau, ele correu a mão para a expulsar e ela pisou na parte de trás do pau ele core a mão e mosca voltou a poisar na cabeça e com aquela teima da mosca, ele começou a correr a mão mais rapidamente e dizia nem em baixo nem em cima nem em cima nem em baixo................ até que se veio, gostou, continuou, contou a outros e assim se disseminou a punheta

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir