10 de jun. de 2015

A origem da "Punheta"

Punheta é um termo considerado chulo (de baixo calão), que designa a masturbação masculina. Vem de "punho" (a mão fechada, pulso etc.) mais o sufixo "eta", que é característico de diminutivos, por exemplo: arvoreta (pequena árvore), banqueta (pequeno banco sem encosto), caixeta (caixa pequena) etc.  Ao pé da letra, portanto, a "punheta" seria uma pequena força gerada com o punho (ou algo assim). De "punheta" tem-se origem  o adjetivo "punheiteiro", que é o homem que se masturba ou que pratica o onanismo.

Temos um exemplo da Literatura, do  poema “O Elixir do Pajé”, do nosso escritor Benardo Guimarães:

Um cabaço! Que era este o único esforço,
única empresa digna de teus brios;
porque surradas conas e punhetas
são ilusões, são petas,
só dignas de caralhos doentios.


É isso!

10 comentários:

  1. Gostei muito do seu blog e aprendi muito com ele. Apenas uma observação: Baixo calão não seria um pleonasmo?

    ResponderExcluir
  2. A punheta começou com um cabreiro que foi mijar e depois poisou-lhe uma mosca no pau, ele correu a mão para a expulsar e ela pisou na parte de trás do pau ele core a mão e mosca voltou a poisar na cabeça e com aquela teima da mosca, ele começou a correr a mão mais rapidamente e dizia nem em baixo nem em cima nem em cima nem em baixo................ até que se veio, gostou, continuou, contou a outros e assim se disseminou a punheta

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Onde eu vim parar eu não sei oque fazer agora tá minha vida

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.