30 de mai de 2010

Como é chamada a pessoa que nasce nos Estados Unidos?


De um modo geral, os dicionários apresentam cinco gentílicos para este país: americano, americano-do-norte, estadunidense, norte-americano e ianque. Vejamos cada um separadamente:
Americano - apesar de alguns alegarem tratar-se de uma referência continental, já que existem vários países no Continente Americano (O Brasil, por exemplo), parece o mais plausível do ponto de vista lingüístico, uma vez que o verdadeiro nome deste país é América (United States of America). A forma Estados Unidos indica apenas que os Estados estão unidos numa república federativa. Não custa lembrar que em 1891, quando foi promulgada a nossa constituição republicana, as antigas províncias brasileiras se tornaram os Estados Unidos do Brasil, não obstante continuarmos sendo brasileiros.
Americano-do-norte - forma muito pouco usada, aparecendo apenas em alguns dicionários, por exemplo, no Dicionário Aurélio
Estadunidense
- não obstante de uso porco freqüente, enquadra-se perfeitamente no padrão português de formação de adjetivos pátrios. Como em: Amazonas, amazonense; Brasília, brasiliense; Ceará, cearense; Paris, parisiense; Piauí, piauiense etc.
Norte-americano - embora seja a que mais aparece nos meios de comunicação, em termos geográficos, é a que menos faz sentido, uma vez que se trata de uma referência continental, abrangendo além dos Estados Unidos, o Canadá e o México.
Ianque
- (do inglês yankee, de New England
) parece ser mais adequado quando empregado especificamente em relação aos habitantes anglo-saxões dos Estados Unidos; associa-se lingüística e culturalmente às regiões dos Estados de Connecticut, Maine, Massachussets, New Hampshire, Rhode, Vermont e Island.

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário