19 de nov de 2012

Quem é eram os “Assassinos”



De acordo com o padre Joseph Marques, em seu “Novo Diccionario das Linguas Portugueza e Franceza”, publicado em 1748, assassinos era o nome de uma seita de matadores, acérrimos defensores da lei da Mafoma, com tão cega e cruel obediência ao seu príncipe, a quem chamavam o “Velho da Montanha”, e por quem se expunham a todos os perigos e suplícios. Esta seita religiosa teria ficado conhecida no tempo das cruzadas, existindo durante 172 anos, e passando por uma dinastia de oito soberanos. Mafoma era natural de Medina, sendo ele que lhe pôs o nome de Medina Anabi: Cidade do Profeta. Segundo o Dicionário Houaiss, a palavra assassino vem do árabe haxxíxín, que significa: consumidor de haxixe, e do persa hassassin, que era designação dessa seita do Norte do Irã que, nas Cruzadas, consumia a erva, antes de lutar.

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário