22 de out de 2012

A origem do “Sorvete"


Os gelados não são exclusividades dos tempos modernos. Os hebreus, egípcios, persas e os índios consideraram o seu uso como uma necessidade sob o céu ardente. Em tempos remotos, consistiam eles apenas em líquidos, que se faziam gelar em vasos rodeados de neve ou de gelo, todavia,  os gelados “sólidos”, como os sorvetes, eram desconhecidos dos orientais.Foi somente em meados do século XVII, que os “limonadeiros” italianos aperfeiçoaram a maneira de fazer gelados e introduziram os sorvetes nas mesas. Em 1660, Procopio Cultelli estabeleceu-se em Paris, em frente da Comedia Francesa, pondo à venda frutas geladas, cremes gelados, compotas de café, de chocolate, de baunilha e de canela. O uso espalhou-se em Paris e na província, e a corte e a aristocracia também o adotaram, não passando ninguém sem sorvetes e sem gelados, no verão. No tempo de Boileau, como se vê de uns versos no seu Repas ridicule, era uma vergonha não haver gelo em um jantar.


---
É isso! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário