2 de dez de 2012

Considerações sobre a “Faculdade”


A palavra faculdade vem do  facultas (facultatis), pelo francês faculte, que, entre outros sentidos, significa: virtude para fazer alguma coisa, potência, comodidade, facilidade, proporção, autoridade, permissão, talento, dom natural. Como estabelecimento de ensino, vale ressaltar o Decreto Real da Espanha, de 8 de julho de 1847, em seu artigo 3º, que estabelecia cinco faculdades, a saber: Faculdade de Filosofia, Faculdade de Teologia, Faculdade de Jurisprudência, Faculdade de Medicina e Faculdade de Farmácia. Todas estas faculdades compunham ao que se conhece por Universidade. Segundo o artigo 8º do mesmo decreto, para ser admitido no estudo de Teologia, por exemplo, seria necessário ser bacharelado em Filosofia, sendo a duração do curso de sete anos. As primeiras faculdades a serem instituídas no Brasil foram a Faculdade de Direito e a Faculdade de Medicina, destacando-se a Faculdade do Recife, da qual faz menção o nosso Machado de Assis, em seu “Quincas Borba”: “Camacho era homem político. Formado em direito em 1844, pela Faculdade do Recife, voltara para a província natal, onde começou a advogar; mas a advocacia era um pretexto.


---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário