22 de out de 2012

O que é “Amazona”?


A palavra Amazona vem do latim Amazon, do alfa primitivo, e de mazon: mama, teta, ou seja: “sem-mama”. As amazonas eram mulheres guerreiras que desde meninas cortavam a mama direita a fim de lançar o arco com mais destreza.
Em seu livro “Os Doze Trabalhos de Hércules”, o grande escritor Monteiro Lobato descreve de forma bem didática  essas mitológicas guerreiras:
As amazonas formavam uma curiosa raça de mulheres guerreiras, filhas de Marte e Harmonia. Habitavam as paragens do Termodonte, perto de Temiscira, no Ponto. O Reino do Ponto ficava 
na Ásia Menor, junto ao Ponto Euxino.
As amazonas eram a contraparte feminina dos centauros; não que tivessem metade do corpo cavalo, metade mulher, mas, como só andassem a cavalo, pareciam formar com os cavalos um só corpo.

Em seu reino não havia homens, só mulheres, e valorosíssimas - as maiores 
guerreiras da antiguidade. Desde mocinhas comprimiam o seio esquerdo de modo a  atrofiá-lo. Para quê? Para não atrapalhálas no lançamento das flechas.
Além de valentíssimas eram de grande beleza e trajavam-se à moda dos bárbaros: vestes bem justas no corpo, barrete frígio, bombachas diferentes das dos gaúchos. Para a defesa traziam um escudo redondo; e como armas, o arco e o dardo
.
Os dicionários modernos dão, entre outros, os seguintes sentidos ao termo: mulher aguerrida, de ânimo viril,  mulher que monta a cavalo.

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário