10 de fev de 2012

Os diversos nomes de Deus


ADONAI - tal vocábulo, que, ao pé da letra, significa meu Senhor, foi traduzido na Septuaginta (tradução da Bíblia hebraica para o grego) por Senhor, que, no Novo Testamento, é tradução do grego Kyrios.

ELOHIM - é provável que seja o plural de ELOAH. Nas traduções bíblicas para a Língua Portuguesa, é normalmente traduzido por DEUS. O termo ELOHIM também é aplicado a divindades consideradas pagãs, ou até à pessoas.

JEOVÁ - segundo estudiosos, surgiu no início do século XII d.C., baseado no texto bíblico dos massoretas. Na prática, trata-se da junção das consoantes do Tetragrama YHWH com as vogais “ioa” de ADONAI.

SENHOR - tal vocábulo foi usado na Septuaginta (tradução da Bíblia hebraica para o grego) em substituição ao termo hebraico Adonai, ao pé da letra: “meu Senhor”. Em várias versões para o português, emprega-se em substituição ao Tetragrama YHWH. No Novo Testamento é a tradução de Kyrios, que era a forma de tratamento dada tanto aos reis quanto aos deuses das religiões antigas.

YHWH - na Bíblia, o nome pessoal de Deus é representado pelo tetagrama YHWH, cuja tradução mais próxima do original encontramos em Êx. 3:14: “E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós”. Este nome, de acordo com a tradição judaica, não pode ser pronunciado sob qualquer circunstância. Em português translitera-se por Iavé, Javé ou Jeová.

As Escrituras apresenta ainda muitos títulos para Deus. Eis os mais comuns: Deus Eterno, Juiz, Nossa Força, Nosso Pai, Pai celeste, Cidadela, Pai da luzes, Salvador, Santo de Israel, Senhor dos exércitos, Senhor dos senhores, Todo-Poderoso etc. Alguns são comumente usados em hebraico. Por exemplo: EL SHADAI: Deus Todo-Poderso (Gn. 17:1), EL ELION: Deus Altíssimo (Gn. 14:18-22), EL ROI: Deus que vê (Gn. 16:13), EL OLAN: Deus Eterno (Gn. 21:33) etc.

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário