19 de fev de 2012

Por que se diz “Nhenhenhém”


Segundo Câmara Cascudo (“Locuções Tradicionais no Brasil”) a expressão nhenhenhémé a conversa, explicação, queixa, interminável, repetida em tom de lamúria, irritante, monótona, insistente e despida de interesse psicológico. É o renrém sem fim das mulheres ciumentas, exprobando a conduta alheia. É a lengalenga em Portugal. Equivale ao xororô das águas correntes ou o xixi-xi da chuva molhadeira, constante, miúda, exasperante. Ainda segundo o autor: “O indígena, notadamente o tupi, cantador e bailarino, era loquaz, falador, discurseiro. Aturdidos com a incompreensível loquela, os portugueses do século XVI teriam denominado o falatório ininterrupto nhenhenhém, triplicação do verbo nativo, tão presente naquele dispensável exercício de eloquência. Nhenhenhém vale falar, falar, falar... Teria sido, na linguagem usual dos povoadores europeus, um dos primeiros brasileirismos..." (p. 52)

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário