22 de fev de 2012

Os sentidos de “Economia"


Etimologicamente a palavra economia vem do grego, oikonomia, formada a partir de dois vocábulos: oikos (casa ou família), com o sentido de unidade de fabricação (artesanato, agricultura, pastoreio e troca de produtos etc.), e nomos (regra), denotando um pacto ou acordo nas relações socais. Oikonomia seria assim um conjunto de preceitos administrativos conduzidos por chefes de família.Em seu clássico livro “História da Riqueza do Homem”, Leo Huberman pinça, por exemplo, um pouco do funcionamento da “economia” durante o período feudal:Nos primórdios da sociedade feudal, a vida econômica decorria sem muita utilização de capital. Era uma economia de consumo, em que cada aldeia feudal era praticamente auto-suficiente. Se alguém perguntar quanto pagamos por um casaco novo, a proporção é de 100 para 1 como você responderá em termos de dinheiro. Mas se essa mesma pergunta fosse feita no início do período feudal, a resposta provavelmente seria: "Eu mesmo o fiz." O servo e sua família cultivavam seu alimento e com as próprias mãos fabricavam qualquer mobiliário de que necessitassem. O senhor do feudo logo atraía à sua casa os servos que se demonstravam bons artífices, a fim de fazer os objetos de que precisava. Assim, o estado feudal era praticamente completo em si - fabricava o que necessitava e consumia seus produtos.”

---
É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário